Nossas ideias e opiniões devem ser fixas ou transitórias? Por Flávio Gikovate

“Um aspecto triste das discussões e polêmicas é que as divergências de opinião são tratadas com rancor, como se se tratasse de ofensa pessoal. Muitos defendem suas ideias como se fossem uma parte deles; não entendem que elas, um dia, terão o mesmo destino: irão se tornar obsoletas!
Sempre me lembro de uma frase de Platão, que dizia que “nunca deveríamos morrer por nossas ideias posto que elas podem não ser verdadeiras”.
Todas as nossas ideias devem ser tratadas como transitórias: deveríamos estar dispostos a trocá-las por outras melhores a qualquer momento.
Quem busca se aproximar da verdade com honestidade intelectual abre mão de suas ideias quando novos fatos mostram que elas não valem mais.
Pensando com mais rigor, polemizar para ganhar a discussão ou para o bem da carreira e da vaidade é algo que não interessa às pessoas do bem.
Afora os debates sinceros, quase todas as polêmicas me parecem desnecessárias. O tempo é que irá separar o saber que é útil do que é fútil.” Flávio Gikovate

Flavio foi médico , psicoterapeuta e escritor falecido em 2016.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s