O que um homem espera de uma mulher? Por Matemático Romântico

“Um homem cresce pensando em ser jogador de futebol, astronauta, bombeiro. Não nascemos pensando em casar. Só que chega uma certa idade em que percebemos que uma companhia feminina pode ser a cereja do bolo que nos falta. E, de forma natural, começamos a procurar uma parceira pro resto da vida, aquela que poderá dar um pouco mais de significado à palavra “família”.

Engana-se, porém, quem acha que é fácil encontrar alguém que te complete. No meio de tanta gente interesseira, prostituição a um clique de distância, corpos torneados de academia e cérebros vazios, fica difícil distinguir quem não quer te consumir como um simples maço de cigarro. Acende um, deixar virar cinza, joga fora, pega o próximo. Há muita gente que pensa que gente é descartável. Muitos homens ainda escolhem sua companheira pela ausência de celulite na bunda e não pela presença de espírito. Muitas mulheres ainda escolhem seus homens pela capacidade de seus bolsos. Vai ver é por isso que estou solteiro.

Mas felizmente, há alguns de nós que sabem que a beleza é temporária e procura numa mulher muito mais que um par de seios firmes. Não posso afirmar que sejamos maioria, mas há muitos que têm admiração (e tesão) por mulheres modernas, batalhadoras, seguras de si e cheias de opinião, o que não é desculpa para não se preocupar com sua feminilidade, não querer perder os quilinhos a mais (mesmo que fique só no plano teórico), não fazer mãos, pés e se depilar de vez em quando.

Às vezes me flagro imaginando uma mulher hipotética que descreva assim o homem dos seus sonhos:

Gostaria que ele fosse bem-sucedido na carreira, mas se estiver desempregado também não tem problema. Melhor alguém que sonhe em construir sua estabilidade financeira a dois que o luxo e conforto de um bem-nascido. Pouco importa de onde ele vem e o que ele já conquistou, ele só precisa de ambição, força de vontade e brilho nos olhos.

Quero que ele se interesse por outros países, outras culturas e outras línguas. Não precisa ser poliglota, nem ter viajado muito, mas deve estar aberto a desbravar os quatro cantos do mundo na minha companhia. Ainda não conheço toda a Europa, nem nada da Ásia. Cuidar dos filhos, ajudar nas tarefas de casa e não depender da mãe pra nenhuma das tarefas anteriores também é essencial.

Ele deve frequentar academia e ler muitos livros pra manter o mente e corpo saudável. Se tiver problemas de ereção por conta do stress, não tem problema. Também não precisa ter tanquinho, porque não dá pra fazer dieta em casa todo dia e nunca me levar pra jantar fora.

Acima de tudo ele deve cultivar suas amizades: afinal, o que será de um homem sem amigos, sem futebol e sem cerveja?”

Pois é. Você conhece alguma mulher com esse discurso? Eu não.

É muito louco e contraditório tudo isso. Sofremos um misto de cobrança e necessidade de provação constante. É muita pressão por resultado envolvida. Família, trabalho, dinheiro, filhos, corpo, mente, tanquinho, sexo. Carregamos conosco a necessidade de nos tornarmos esse príncipe encantado que as mulheres imaginam que exista, só que este homem ideal está mais para super-homem que para um mero mortal.

O sucesso dessa nova incrível geração de mulheres é também seu próprio calvário. Enquanto elas alcançam mais e mais conquistas profissionais e pessoais, os homens vão ficando para trás e perdendo valor para elas. Elas não se contentam mais com pouco. Com homens mesquinhos, machistas, que pensam pequeno ou que não sejam alguém de respeito na vida. E estão certas.

A mulher moderna é mais seletiva. Com toda essa (r)evolução, não é qualquer “zé mané” que pode conquistá-la e por inúmeras vezes, ela vai dar com a cara na parede saindo com um idiota atrás do outro. Um não é inteligente o suficiente, o outro não é tão antenado quanto ela – que lê notícias diariamente, o terceiro não sabe inglês e nunca saiu do Brasil. O problema é que enquanto o referencial dela for a geração de sua mãe e tias que se casaram cedo e viraram ótimas esposas-donas-de-casa, ela se frustrará.

O fato é: o quanto você está disposta a abdicar da sua vida corrida para entrar de cabeça num relacionamento a dois? Quem é seu homem ideal? Você é firme o bastante para amar um homem que falha? Qual mulher foi criada para aceitar um homem com suas fragilidades?

…não desista de procurar seu par porque como você há muitos de nós, cheios de dúvidas.

A gente não é nada do que o inconsciente feminino espera do homem perfeito. E o pior: nos esforçamos pra ser. Que fique claro, alguns de nós estão dispostos a tudo pra agradar vocês. No fim do dia, o que queremos é uma parceira que nos apoie a buscar nossos objetivos, mas entenda nossos fracassos.”

Escrito por Matematico Romantico

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s